sábado, 4 de julho de 2009

TOP do GIBI - VAMPIRELLA - 1ºlugar


TOP do GIBI - Outras Editoras 1º
( esse é o voto da equipe do Blog TOP GIBI - Vote você também )



Criamos esse tópico para que, as pessoas que não conhecem certas personagens, conheçam um pouco mais e entendam porque elas foram votadas, pela equipe do Blog TOP GIBI para as TOP do GIBI, na categoria Outras Editoras.





VAMPIRELLA






Vampirella é a vampira mais conhecida dos GIBIs. criada por Forrest J. Ackerman por encomenda para a Warren Publishing Company, a editora responsável pelo ressurgimento do horror nos GIBIs norte-americanos. Essa editora adotou o formato magazine para escapar dos termos do Código de Ética, e lançou os GIBIs Creepy ( 1964 ) e Eerie ( 1965 ) que aqui no Brasil virou a revista Kripta ). Forrest disse certa vez que aproveitou uma viagem que fez ao Brasil para idealizar a personagem. Nossa bela vampira, que tinha um morcego tatuado em seu seio esquerdo, estreou no GIBI Vampirella em 1969. O logo e as capas são do lendário Frank Frazetta, os roteiros de Forrest J. Ackerman, e o desenhista Tom Sutton.






O visual criado para Vampirella ( morena de rosto sedutor, olhos enormes e hipinitizantes, boca voluptuosa, trajando um maiô vermelho que mais descobria do que cobria seu corpo escultural - criação de Trina Robbins, além de botas e ornamentos em forma de asas de morcego ) era, e ainda é, uma tentação difícil fugir, tanto para suas vítimas quanto para seus leitores e fãs.






A origem da Vampirella:


Originária do planeta Drakulon, um mundo onde os rios eram de de sangue. Este também era o planeta natal do Conde Drácula que, pesquisando sobre Drakulon, descobriu que ele iria sair de seu eixo, e que os polos iriam se inverter, as florestas desaparecer, sendo substituídas por desertos e os rios de sangue secariam e, portanto todo o povo morreria. Ao ver seus avisos ignorados pelo Conselho Científico de Drakulon usou feitiçaria para entrar em contato com uma antiga e justa deusa, a Invocadora, que lhe orientou como salvar Drakulon. Mas ao invés disso, Drácula passou a servir ao Caos, o deus louco, que com seus sete demônios: Asmodeus, Demogórgan, Fursan, Moloch, Nuberus, Valefar e Zabylon, pretendia dominar o universo. Drácula foi enviado para a Terra e iniciou seu cruel reinado de sangue.




Vampirella conseguiu escapar da destruição de seu planeta e também chegou a Terra onde lançou-se numa desenfreada luta contra Drácula e as forças do Caos. Auxiliada por um velho mago, Pendragon, Vampirella encontrou até entre seus perseguidores, aliados como Adam Van Helsing, que se apaixona por Vampirella e seu pai Conrad Van Helsing, um médium cego inventor de um líquido sintético que conseguiu controlar a sede de sangue de Vampirella, mas que tem efeito temporário, devendo ser tomado a cada 24 hrs.




Com essas palavras Vampirella se definia: "Venho de um mundo chamado Drakulon e sou da raça dos Vampiros. Posso transformar-me num morcego e preciso alimentar-me de sangue, como os humanos de água.... Sou estranha à Terra... mas não sou um monstro da noite, não sou um produto da superstição.. Última de minha raça, trago a recordação imperecível do mundo que era meu... Drakulon! As águas corriam quentes e profundas, mais vermelhas do que o vinho..Não existiam feras, existiam criaturas que se amavam e amavam a vida...Sou tudo quanto resta de um mundo que preferiu morrer a matar... Chamam-me Vampiro..Alguns me tem temor, outros me tem ódio.. pois sou estranha a todos.. Mas que as superstições não destruam a amarga doçura de Drakulon...Onde o Vampiro significava um ser gentil e bondoso... Assim sobrevivi. E vivo..Tento restabelecer a gentileza e bondade perdidadas.. Sobreviverei...Recordarei as minhas raízes, a minha herança.. Sou a última da minha raça...Sou Vampirella!"





Com a falência da Warren em 1983, Vampirella parou de circular, voltando 8 anos depois, em 1991, através da Harris Comics na minissérie Morning in America, escrita por Kurt Busiek. Nessa minisérie, a origem de Vampirella foi refeita. Agora ela era a filha de Lilith a primeira mulher de Adão, que após deixar o Jardim do Éden por não concordar com as regras "machistas" do lugar, se juntou aos demônios com que teve filhos vampiros que ela usaria para se vingar da humanidade ( descendentes de Adão com Eva, uma relação que Lilith enxergava como sendo um adultério ).


Vampirella viveu até aquele momento sem saber de nada disso porque seus irmãos fizeram uma lavagem cerebral e a levaram a acreditar que ela era do planeta Drakulon. Isso foi feito por eles porque Vampirella não era como seus irmãos. Lilith deu a luz a ela depois de ter procurado e conseguido a redenção de Deus. Por isso Vampirella foi enviada à Terra, por LIlith, para matar todos os seus 'irmãos, vampiros do mal.















A Harris publicou muitos GIBIs da Vampirella, a maioria em formato de mini séries, edições especiais e crossovers com outras bad girls ou personagens do estilo terror/vampiros. Para 2009 a Harris promete uma mini série chamada "The Second Comming" onde a personagem deve ser novamente reformulada.







Vampirella no Brasil


Apesar de ter sido publicada em centenas de edições nos EUA e de ser hiper famosa no Brasil, por aqui Vampirella tem poucas, raras, caras e cobiçadas edições. Existem poucas e desencontradas informações a respeito desses GIBIs, mas depois de muuuuita pesquisa acreditamos ter conseguido fazer um raio-x da passagem de Vampirella por aqui:
 
Os primeiros GIBIs sairam em 1973 numa revista da Editora Kultus. Em muitos lugares falam que essa editora só lançou um GIBI que era uma tradução direta da primeira revista solo da Vampirella. Nós conseguimos informações, e imagens de que essa coleção teve pelo menos 3 números.














Interessante ver que no nº1 nossa sedutora vampira teve seu traje 'reforçado' para que mostrasse menos o seu corpo ( coisas da época da ditadura militar ).
















A Editora Noblet foi a segunda a trazer as aventuras de Vampirella para o Brasil, ainda na década de 1970, em uma coleção que durou 10 números.

















































A Editora Noblet também fez um Almanaque para ela na década de 1970. Até agora não conseguimos informações mais precisas sobre as datas de publicação dos GIBIs dessa editora.










Esquecida por muitos que fallam da personagem no Brasil, a RGE também lançou uma edição de Vampirella em um especial do GIBI Kripta em 1980










Em 1997 a Editora Abril traz a personagem de volta no crossover "Vampirella vs Mulher Gato", uma edição especial.







Em 1998 foi a vez da Metal Pesado trazer 3 edições de Vampirella: "Edição Especial de 25 Anos" em abril, "Vampirella vs Pantha" em agosto e "Vampirella e Drácula - O Centenário" em dezembro. E em 1999 a editora publicou a 1ª parte de "Vampirella - Sede de Sangue" em fevereiro.















Em setembro de 1999 a Editora Atitude nos brindou com a conclusão de "Vampirella - Sede de Sangue" que sua antecessora começou 10 meses antes e não terminou de publicar. No mesmo ano, em outubro e novembro a Atitude trouxe "Vampirella - Hemorragia", mini série em duas partes ( Não temos informações precisas sobre o lançamento da edição nº2 dessa mini série. Tudo indica que foi lançada mas não temos maiores informações nem a imagem da capa )



















Finalmente em 2001 a Devir apresentou "Vampirella Vive", uma edição especial que, por enquanto, é a última de nossa heroina em terras brasileiras.





Em alguns lugares falá-se que a Devir também teria publicado "Vampi" uma versão mangá de Vampirella. Pelo que apuramos essa informação é quase correta visto que quem publicou esses GIBIs foi a Devir de Portugal.

Vampirella na telinha

Em 1996 foi feito um tele-filme de Vampirella, com a bela Talisa Soto no papel principal.

Infelizmente esse filme foi um fracasso e por enquanto não se fala em fazer outro.


Veja um pedacinho abaixo:


video



Vampirella é muito mais que uma personagem de GIBI, é um ícone da cultura moderna e nosso voto certeiro para a nº1 das TOP do GIBI!!!









Nós acreditamos que Forrest, mais do que aproveitar a viagem que fez ao Brasil para idealizar a vampira, ele teve uma visão do futuro. Pois quase 20 anos depois da criação da personagem, nasceu uma mulher, com uma boca mais linda do que a da Angelina Jolie, que parece ser a própria encarnação de Vampirella!!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails